Posts com a Tag ‘Fala Pública’

Programa Fala Mulher em novo espaço

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

O Programa Fala Mulher, da Cidadania Feminina, agora está com um novo espaço na Rádio FM Pernambuco (97.1). Com uma hora de duração apresenta assuntos relacionados à vida das mulheres, seus direitos e suas lutas. No próximo sábado, as (os) ouvintes da Rádio FM Pernambuco poderam saber um pouco mais sobre o Apitaço, projeto idealizado pela ONG Cidadania Feminina como instrumento de enfrentamento da violência contra as mulheres. Haverá depoimentos das mulheres da comunidade do Córrego do Euclides e do Espaço Mulher, da comunidade de Passarinho. O programa vai ao ar todos os sábados, das 14h às 15h, na FM 97.1.

Comemoração dos 8 anos da Cidadania Feminina

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Neste sábado (15) a Cidadania Feminina estará em festa. Para marcar mais um ano de vida a ONG realiza um debate junto à comunidade sobre os direitos humanos das trabalhadoras domésticas, com a participação do Sindicato das Trabalhadoras Domésticas, e para fechar a noite uma apresentação musical. O evento começa às 19h.

As comemorações não param, durante a semana a equipe da Rádio Comunitária da Cidadania Feminina apresenta uma programação especial, com uma hora de duração, irá abordar as bandeiras de lutas que a ONG vêm trabalhando nestes 8 anos de sua fundação.

História - A Cidadania Feminina atua na comunidade do Córrego do Euclides, no Recife. A entidade iniciou suas atividades com reuniões nos quintais das casas da localidade, estratégia para chegar mais perto das mulheres e discutir temas do cotidiano feminino. Atualmente, a organização tem como objetivos principais o enfrentamento da violência e a valorização da identidade racial. Além dessas atividades, desenvolve ações voltadas para a alfabetização, possui uma biblioteca que beneficia também às crianças e adolescentes, projetos voltados para a autonomia econômica das mulheres (uma cooperativa para a produção e comercialização de alimentos), oficinas sobre direitos humanos e de fala pública feminina.

Agenda Lilás – Dezembro 2009

domingo, 29 de novembro de 2009

04.12 – Confraternização das mães do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PET). Uma vez por mês cerca de 54 mulheres da comunidade se encontram na sede da Cidadania Feminina para discutir sobre o Programa e as problemáticas na comunidade. A confraternização acontece na sede da Cidadania Feminina, às 14h.

05.12 – A Cidadania Feminina realiza um Bazar com o intuito de arrecadar fundos para que a instituição continue com suas ações na comunidade do Córrego do Euclides. Para realizar o bazar a ONG recebe doações como roupas, sapatos, acessórios, livros, objetos de decoração e de cozinha. As doações podem ser entregues na sede da instituição, Rua Amoz, nº 120, Córrego do Euclides|Alto José Bonifácio, em Recife. Informações: (81) 3268.9582 ou pelo e-mail: contato@cidadaniafeminina.org.br. O Bazar acontece das 10h às 17h, na sede da Cidadania Feminina.

08 à 10.12- O projeto Mulher escuta Mulher: Pelo Fim da Violência será apresentado em São Paulo, no Encontro realizado pelo Fundo Brasil de Direitos humanos com as organizações que receberam apoio em 2009.

14 à 17.12 – Em Brasília acontece a Conferência Nacional de Comunicação. A Cidadania Feminina participou da etapa Regional e Estadual, e estará representada pela coordenadora Rejane Pereira na Nacional. Propostas do movimento de mulheres e do movimento negro foram asseguradas e serão discutidas na última etapa.

18.12 – Encontro das mulheres da Cidadania Feminina. Este é o momento das mulheres que fazem o dia-a-dia da instituição de estarem mais próximas. Um dia de lazer para colocar as conversas em dia, e se divertirem. O encontro começa às 8h em uma granja no município de Igarassu.

19.12 – Confraternização da Cidadania Feminina. As mulheres que acompanham o trabalho da Cidadania Feminina estão convidadas a participar deste momento. Neste dia haverá um Bingo com diversos prêmios, e quem quiser pode contribuir com a doação de produtos. A confraternização começa às 19h, na sede da instituição.

Agenda Lilás – Setembro 2009

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Projeto Apitaço – Mulheres enfrentando a Violência
Na próxima quarta-feira (16), 25 mulheres da UR-1o participarão da oficina Fala Pública da Mulher – Comunicação e Expressão a fim de aprimorar seu desempenho nos meios de comunicação. Também está agendada uma visita à Delegacia da Mulher de Recife na terça, dia 22, e a realização do Apitaço no dia seguinte, marcando o encerramento das atividades.

Vídeo sobre o Ponto de Mídia Livre
A primeira filmagem para elaboração do vídeo sobre a implementação do Ponto de Mídia Livre acontecerá no dia 23.09. e será produzido pela Mídia Lunar em parceria com o Ventilador Cultural.

Oficina de Intercâmbio Pedagogia Feminista e Fortalecimento do Movimento de Mulheres
Entre os dias 14 e 16.09, Rejane Pereira e Karla Galdino representarão a Cidadania Feminina na Oficina de Intercâmbio Pedagogia Feminista e Fortalecimento do Movimento de Mulheres, promovida pelo SOS Corpo – Instituto Feminista para a Democracia. Esta ação integra o processo de Articulação do Campo da Educação Popular Feminista no Brasil. Clique aqui para saber mais.

Parada da Diversidade 2009
A Parada da Diversidade de Recife está marcada para este domingo, dia 20.09. O evento acontecerá na Praia de Boa Viagem e contará com o apoio e a participação das integrantes da Cidadania Feminina na luta contra a lesbofobia e homofobia.

Mulheres discutem direitos sexuais em Recife

sábado, 15 de agosto de 2009

O Ponto de Mídia Livre Cidadania Feminina promoveu nos dias 13 e 14 de agosto, o Curso Mídia Advocacy de Direitos Sexuais para mulheres lésbicas. A ação ocorreu na Madalena, das 9h às 17h, em parceria com o Fórum de Mulheres de Pernambuco.

Estava em debate, a liberdade de orientação sexual, direitos humanos, as relações de gênero e a importância da liderança feminina. A proposta conta, ainda, com um treinamento de mídia para as participantes, empoderando as mulheres e fortalecendo a sua fala pública. O projeto também tem o apoio do Ministério da Cultura e Ashoka Empreendedores Sociais.