Margaridas seguem em Marcha por Desenvolvimento Sustentável com Democracia, Justiça, Autonomia, Igualdade e Liberdade

Objetivos para marchar:

- Fortalecer e ampliar a organização, mobilização e formação sindical e feminista das mulheres trabalhadoras rurais;

- Reafirmar o protagonismo e dar visibilidade à contribuição econômica, política e social das mulheres do campo, da floresta e das águas na construção de um novo processo de desenvolvimento rural voltado para a sustentabilidade da vida humana

e do meio ambiente;
- Apresentar, através de proposições, nossa crítica ao modelo de desenvolvimento
hegemônico a partir de uma perspectiva feminista;
- Contribuir para a democratização das relações sociais no MSTTR e nos demais
espaços políticos, visando a superação das desigualdades de gênero e étnicoraciais;
- Protestar contra as causas estruturantes da insegurança alimentar e nutricional que
precisam ser enfrentados para a garantia do direito humano à alimentação adequada
e da soberania alimentar.
- Denunciar e lutar contra todas as formas de violência, exploração e discriminação
contra as mulheres, no sentido da construção da igualdade;
-  Atualizar e qualificar a pauta de negociações, propondo e negociando políticas
públicas para as mulheres do campo, da floresta e das águas, considerando as suas
especificidades.
- Lutar pelo aperfeiçoamento e consolidação das políticas públicas voltadas às
mulheres do campo, da floresta e das águas desde a esfera municipal, estadual e
federal, contribuindo para que elas incidam no cotidiano das mulheres rurais.
139146
144

Deixe um comentário