Atos públicos e debates marcam o Dia Nacional da Consciência Negra

As comemorações do Dia Nacional da Consciência Negra terão início nesta sexta-feira (20) com um ato político, chamado de “o abraço do Baobá”, com a participação de militantes da Articulação Negra de Pernambuco. O Baobá é uma árvore que era trazida dentro das roupas dos escravos (as), e recentemente foi plantado no parque 13 de maio, onde acontece o ato às 9h.
No mesmo dia, às 15h, haverá uma caminhada com concentração no Parque 13 de maio e segue até o Pátio Zumbi dos Palmares. A programação prossegue no sábado (21), às 19h, a ONG Cidadania Feminina realiza uma roda de conversa “Onde estão as mulheres negras?”, em seguida um jantar com a culinária de matrizes africanas. A atividade acontece na sede da Cidadania, no Córrego do Euclides, Zona Norte do Recife.
Desde o início do mês de novembro, o Grupo Espaço Mulher vêm realizando atividades e diversos debates sobre o tema. Hoje (19), às 14h, acontece um debate sobre a Saúde da Mulher Negra conduzido por Angela Nascimento, do Observatório Negro. No dia 21 será o Dia da Beleza da Mulher Negra, a partir das 9h. No dia 23 será a vez de discutir sobre a Lei Maria da Penha, a partir das 14h. E no dia 30 de novembro, realiza uma roda de conversa e um Apitaço na rua contra a violência. Todas as atividades da instituição acontecem na Estrada do Passarinho 3400.
No dia 27 será relançada a cartilha “Mulheres Negras e o mundo do trabalho”, na sede da ONG Cidadania Feminina. A pesquisa foi realizada com 64 mulheres do Córrego do Euclides e de bairros adjacentes, e mostra que de 2007 a 2008 quase nada mudou na vida das mulheres negras.   

Violência 

Hoje as estatísticas sobre os brasileiros ainda espelham desigualdades entre a população de brancos e de negros. De cada mil meninos e meninas com 12 anos, dois serão assassinados antes de chegar aos 19. Os dados constam no Índice de Homicídios na Adolescência (IHA), do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e do Observatório de Favelas. Estima-se que, se as condições sociais e de segurança não mudarem no país, 33 mil adolescentes terão morrido de forma violenta entre 2006 e 2012. Uma média de quase 400 por mês. Responsável por 45% das mortes de adolescentes entre 12 e 19 anos no país, os homicídios são mais freqüentes entre homens, negros e moradores de periferias urbanas. Para se ter idéia,os/as negros/as têm quase três vezes mais chances de morrerem assassinados em relação aos brancos. Entre os 10 municípios mais violentos, cinco encontram-se na Região Sudeste. Três estão no Espírito Santo – Cariacica, Linhares e Serra. Pernambuco também aparece em duas posições, com Olinda e Recife.

Dia da Consciência Negra – 20 de novembro de 1695, Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, foi morto em uma emboscada na Serra Dois Irmãos, em Pernambuco, após liderar uma resistência que culminou com o início da destruição do quilombo Palmares.  É uma forma de homenagear e manter viva na memória e história não somente a imagem do líder, como também sua importância na luta pela libertação dos escravos, concretizada em 1888.

Tags:

Deixe um comentário